Millor Fernandes:


Jornalismo, por princípio, é oposição – oposição a tudo, inclusive à oposição. Ninguém deve ficar acima de qualquer suspeita; para o jornalista, não existem santos.

terça-feira, 2 de junho de 2015

O Estado Babá não tem limites ou "Legalizem o Cloreto de Sódio!"

Restaurantes do ES são proibidos de deixar sal em mesas a partir de julho.
(Globo.com)


Uma lei estadual que proíbe que bares, restaurantes e lanchonetes mantenham saleiros e sachês nas mesas começa a valer no mês de julho. A intenção é evitar o consumo excessivo de sal. O sal só poderá ser levado à mesa se o cliente pedir. A lei estadual já foi sancionada, e em caso de descumprimento, os donos dos estabelecimentos serão multados em mais de R$ 1,3 mil.

O Sindicato dos Restaurantes e Bares do Espírito Santo (Sindibares) disse que apoia medidas contra hipertensão, mas alguns comerciantes acreditam que a lei vai prejudicar o atendimento. Mas enquanto a lei não entra em vigor, o saleiro e os sachês continuam na mesa.

O gerente de restaurante Sandro Oliveira, acredita que o sal na mesa gera mais comodidade ao cliente. "Eu já coloco o sal para a comodidade do cliente, fica mais fácil para nós trabalharmos", disse o gerente.


Sim, você leu isso corretamente. A mais nova medida do 'Estado Babá' quer evitar consumo excessivo, que pode prejudicar a saúde da população inepta a cuidar de sí própria e de assumir os riscos de suas decisões e hábitos alimentares.

Quando nós dizemos que o estado babá não tem limites e que ele está mais próximo de um polvo cheio de tentáculos do que de uma ave que quer por seus protegidos debaixo de suas asas não estamos exagerando.

Chegamos ao ponto em que um video humorístico feito pelo nosso colaborador João Carpalhau do seu extinto grupo de humor "Os Camaradas", ganha ares de veracidade.

Então, nós perguntamos. Você é contra ou a favor da liberação do Cloreto de Sódio?



Só levando no humor mesmo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Recomenda-se ao comentarista que submeta seu texto a um corretor ortográfico.

Pede-se o uso de parágrafo, acrescentando-se um espaço entre uma linha e outra.

O blog deletará texto só com letras MAIÚSCULAS.


"Se a prudência da reserva e decoro indica o silenciar em algumas circunstâncias, em outras, uma prudência de uma ordem maior pode justificar a atitude de dizer o que pensamos." - (Edmund Burke)